Segundo Mutirão do Diabetes de Joinville repetiu sucesso!

234

O segundo Mutirão Diabetes foi um verdadeiro sucesso, contando com a participação de cerca de 200 voluntários. O evento foi uma realização da Sociedade Joinvilense de Medicina, Associação Catarinense de Oftalmologia e teve participação de profissionais do Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem e médicos associados da SJM ligados a várias clínicas médicas de Joinville, contando com o patrocínio da Bayer e Opty e diversos apoiadores, acontecendo no dia 15 de novembro último, das 8h às 12h, na SER Tigre, em Joinville.
Durante este período foram realizados exames gratuitos de:

  • Medida de Glicemia 
  • Índice de Massa Corpórea 
  • Pressão Arterial
  • Exame de Fundo de Olho e 
  • Análise do Pé Diabético, que foi novidade nessa edição.

O evento que teve a sua segunda edição no ano passado e já tem data para acontecer neste ano no dia 23 de novembro, um sábado, também das 8 às 12 horas, objetiva esclarecer a população de Joinville e região sobre os riscos do Diabetes por meio de orientações e a realização de exames totalmente gratuitos. 

O evento aconteceu um dia depois do Dia Mundial do Combate ao Diabetes, doença que acomete mais de 425 milhões de pessoas no planeta. Durante o evento, os participantes realizaram exames como a medição de glicemia, pressão arterial, Índice de Massa Corpórea (IMC) e o exame de fundo de olho, que pode trazer informações importantes em pessoas de todas as idades, e avaliação do pé diabético.

“Vemos no Mutirão de Diabetes em Joinville a oportunidade de orientar a comunidade para as complicações associadas ao diabetes, que pode trazer sérias consequências para a visão, por exemplo. O objetivo é não somente conscientizar a população, como também melhorar a qualidade de vida dos portadores dessa doença”, disse Dr. Evandro Luís Rosa, oftalmologista do Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem e coordenador do Mutirão do Diabetes.

Números do Segundo Mutirão Diabetes Joinville:

235 pessoas com diabetes atendidas. Todas com exames de Glicemia, Pressão Arterial, IMC, avaliação do pé diabético e exame de fundo de olho realizados.

400 pessoas não diabéticas realizaram exames de glicemia, pressão arterial e outros exames gratuitos.

25 pessoas tiveram detectada a retinopatia diabética. Todas receberam exames de Hemoglobina Glicada e creatinina para serem realizadas gratuitamente nos laboratórios parceiros.

12 pessoas diabéticas foram encaminhadas para avaliação oftalmológica e para serem tratadas com laser gratuitamente no Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem

O Mutirão envolveu mais de 830 pessoas diretamente somando voluntários e pessoas atendidas.